Pelas ruas e becos da cidade: Liberdade! Não à privatização e encarceramento da vida

O Movimento de Luta Antimanicomial pede passagem para se apresentar: somos usuários, familiares e trabalhadores da saúde mental e pessoas que de alguma forma afirmam uma Sociedade sem Manicômios.

Por uma sociedade Sem Manicômios é o lema que afirmamos desde a década de 1980 quando lutamos pelo fim das instituições que encarceram desejos, corpos e mentes. Não queríamos a humanização desses espaços, mas a sua extinção, pois era sabido que tínhamos que acabar com os preconceitos, medos e estigmas que elas carregam. E assim lutamos até hoje. Afirmamos que encarcerar para supostamente produzir saúde não nos contempla. Já temos em nosso histórico acúmulo e propostas para efetivação de outros modos de cuidado e relação.

Agora, mais do que nunca, vemos as mesmas forças adoecedoras e descompromissadas com o ser humano serem legitimadas pela Prefeitura do RJ através do descaso com a população com suas políticas milionárias para megaeventos e nada para nosso cotidiano.

A Luta Antimanicomial está preocupada com a liberdade ampla e irrestrita de todo ser humano, ao contrário dos atuais Governos, que estão vendendo nossos espaços públicos por miseráveis acordos privatizantes, como é o caso de todo o complexo do Maracanã. Essa é a mesma política que vem recolhendo compulsoriamente quem vive nas ruas apenas para garantir a “limpeza” da cidade. Que faz da nossa saúde uma mercadoria, adoecendo trabalhadores e destruindo a rede de cuidados.

Afirmamos as conquistas que são fruto da nossa luta ao longo de todos esses anos, e acúmulo das nossas experiências antimanicomiais. Exigimos que a lei 10.216 seja respeitada. Defendemos a rede de atenção psicossocial que supera o manicômio, e não que convive com ele. Queremos passe livre para circular pela cidade, estar nas suas praças, estádios, teatros, e não apenas para ir pro CAPS.

Seguimos na luta por uma sociedade sem manicômios!

Junte-se a nós!

Núcleo Estadual do Movimento da Luta Antimanicomial do Rio de Janeiro (NEMLA/RJ)

e

Coletivo de organização do 18 de Maio

Anúncios

1 thought on “Pelas ruas e becos da cidade: Liberdade! Não à privatização e encarceramento da vida”

  1. Li ou ouvi em algum lugar que tem lutas que não tem fim, e que essa é uma delas, porque ela mexe com um elemento básico de revolta: há os ‘poderosos’ e as pessoas que são exploradas e subjugadas por eles. É um embate de forças que está sempre acontecendo por aí, em diversos níveis de conflito.

    Parabéns pelo blog!

    Cleber.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s